domingo, 30 de maio de 2010

O bom servo

"Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o Senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo? Bem-aventurado aquele servo que o Senhor, quando vier, achar servindo assim." Mateus 24:45-46
Meditando na Palavra do Senhor hoje à tarde, resolvi sair um pouco das cartas paulinas para ler um dos evangelhos. Por mais que conheçamos muitos dos versículos, vale a pena retomá-los para a nossa meditação e crescimento espiritual, pois muito conhecimento fica para trás, vocês não concordam?

Pois bem, li Mateus 24 dos versículos 45 a 51, que trata dos acontecimentos futuros quanto ao retorno do Senhor Jesus. Ele estava se refirindo aos seus servos (ou seja, nós, os remidos) que continuássemos ao seu serviço. Ora, o que é servir ao Senhor.

Se pensam que servir ao Senhor é na igreja onde congrega, estão muito enganados. E no dia a dia, como fica? O verdadeiro serviço ao Senhor e fora da congregação: é o seu bom testemunho de cristão, é não andar em roda de escarnecedores, é ser correto no seu serviço, é enfrentar as tribulações sem murmurar (tá certo que em alguns momentos não aguentamos, mas pedimos o sustento do Senhor), é cuidar da sua boca, é dar lugar ao idoso no ônibus, é ler e meditar na Palavra sem ser fanático, enfim, são tantas coisas que podemos fazer para agradar ao Senhor.

Claro que na igreja podemos servir ao Senhor, mas, às vezes, é tão difícil quando a maioria não quer o mesmo que você. Passei muitos momentos assim, sentindo-me sozinha, às vezes, mas o Senhor sempre me amparava.

Na igreja, podemos receber aquela pessoa que visita pela primeira vez. Então, aparamos com o amor de Deus e o ensino verdadeiro das escrituras para que ela saia do engano de Satanás. Isto é servir ao Senhor, cuidar dos seus pequeninos.

Enfim, servir ao Senhor está muito além das quatro paredes da igreja onde congregamos. O bom servo é aquele que pratica as boas obras não só dentro da congração, mas, principalmente, fora dela.

By Marcia Moreira

Jargões gospel

“Receba! Receba!”

"Determine!”

“Posso ouvir um amém?”

“Posso ouvir um aleluia?”

“Vira pro seu irmão do lado e diga...”

“O Brasil é de Senhor Jesus.”

“Fale em língua agora! Agora!”

“Quem achou, diga amém; quem não achou, diga misericórdia.”

“Determine a tua benção, pois isto tem um peso no mundo espiritual.”

“Levante as suas mãos, o mais alto que puder, e declare...”

"Oh! Glória!”

“Vira pro seu irmão do lado, dê um tapinha nas costas e diga: faaaala, Deus.”

“Dê um brado de vitóriaaaaaaa!”

“Quem tá vivo aqui dá glória a Deus!”

“Tá amarrado, tá ligado, tá vencido.”

“Tire o pé do chão e pisa na cabeça dele!”

“Hoje vai romper, vai romper, vai rompeeeeeeer!”

“Paz do sinhô, abençoado.”

“Este irmão é uma benção.”

“Manda glória pra cima, que Deus manda glória pra baixo.”

“Nós vamos saquear o inferno.”

“Eu tinha preparado uma pregação completamente diferente, mas Deus é quem manda.”

“Eu senti no coração.”

“E aí, varão?”

“É tremendo!”

“Crente que não glorifica está com defeito de fabricação.”

“Esse é o novo tempo de Deus pra sua vida.”

sábado, 29 de maio de 2010

Falando em outro rebanhão


Ai, ai,ai...

Sessão Nostalgia - Rebanhão

Eu me lembro da época em que frequentava as reuniões de segunda-feira na Renascer em Cristo, no início da década de 1990. Podem me criticar, mas eu gostava muito, porque via o pastor Estevão Hernandes, com a Bíblia na mão, pregando o verdadeiro evangelho para muitos jovens que curtiam um “som da hora”. Eu curtia também, não nego.

Também foi num programa de domingo, sempre depois das 22 horas, na antiga Imprensa Gospel, que o apresentador Alex Dias Ribeiro apresentava muitas bandas antiguinhas, entre elas, o Rebanhão, com Carlinhos Felix e Janires de Souza.

Como eu gosto de suas músicas, especialmente Baião, Casinha, Selo do Perdão dentre inúmeras outras. Em especial, as músicas do Janires falam da condição humana de pecador e de que não somos absolutamente nada. Só com Senhor, temos a verdeira paz e vida eterna, dizia em suas letras.

Deixo com vocês a música Palácios, para relembrar os bons momentos da música gospel no Brasil. Que saudades!

Não se acende a luz do Sol
 

Nos 220 voltz dos palácios de Brasília
Não se acende a luz do Sol
Com as chaves de um carro conversível do ano
Não se acende a luz do Sol
Com a ponta de um cigarro, um baseado, coisa assim

Pra que medir força com o Sol da Justiça
Pra que querer brilhar mais que a Estrela da Manhã
Pra que combater o Bem com o Mal

De que lado você está?
De que lado você está?
De que lado você quer ficar?
De que lado você quer ficar?

Onde está a honra dos orgulhosos?
A sabedoria mora com gente humilde
Liberdade, liberdade.



By Marcia Moreira

Não posso me esquecer de que sou cristã

Às vezes, não gosto desta correria do mundo moderno, especialmente em São Paulo. São tantas coisas pra fazer: trabalho, estudos, enfim, coisas que, infelizmente, ocupam demais o nosso tempo.

Não posso me queixar disto, pois foram coisas que o Senhor me deu e permitiu na minha vida. Se é assim, devo organizar a minha vida para que não perca o foco da salvação em Cristo.

Ontem, no ônibus para casa, o Leandro me ligou e ficamos conversando sobre mudança de trabalho. Ele quer mudar, assim como eu quero. Então, ele me disse uma coisa: "Vou buscar direção do Senhor e, depois, começar a mandar currículos novamente".

Antes desta vida agitada, fazia muito disto: buscava direção do Senhor para todas as minhas decisões. Percebi que estava quase perdendo este foco, mas graças a Deus que isto não aconteceu.

Não é por causa desta vida agitada que vou me esquecer de que sou cristã, que a minha vida custou muito cara: o sangue de Jesus Cristo na cruz do calvário. Com tudo isto, minha vida depende da direção dele: se for da vontade de Deus que mude de emprego, amém, senão, glórias a Deus também. Que seja assim na vida do meu namorado também.

Portanto, o Senhor permitiu que eu tivesse uma vida com tantos afazeres, mas não posso me descuidar da minha vida cristã. Nada é desculpa para deixar de orar ou ler a Bíblia, ou seja, ter um momento de comunhão com o nosso Pai Celestial. Assim, mantenho a minha fé centrada no Filho de Deus.

By Marcia Moreira

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Não entendo mais nada


O nome deste congresso parece de banda de forró. Percebem os dizeres logo abaixo do título: Assentado nos lugares celestiais. Eles querem adiantar os acontecimentos bíblicos do Apocalipse por acaso? Eta povinho que deixa a Bíblia na gaveta!

Mudanças de rotina

Bom dia. Como perceberam, sou uma pessoa que gosta de mudar o tempo todo porque não gosto de mesmices. Quando vou trabalhar, alguma peça de roupa no dia seguinte, mudo as coisas de lugar, troco de template nos meus blogues (alíás, viram como este espaço ficou mais bonito?), mudei até o nome deste espaço para um título que tem a ver com a nossa vida cristã que muitos evangélicos, infelizmente, complicam com tantas falsas doutrinas que até cansa, muitas vezes, seguir esta religião. Simples assim.

Bom, voltando para as mudanças, mudei até o horário de ler a Bílblia no ônibus. Antes, eu lia na minha ida ao trabalho, mas percebi que não assimilava bem os versículos, o que ocasionava a muitos esquecimentos destes durante o dia. Ontem, na volta pra casa, decidi ler a Bílblia e percebi que assimilei mais os versículos (li Salmo 132), tanto que lembro até agora do que eu li.

Fiquei muito feliz com esta mudança. Desde que comecei a trabalhar em São Paulo, fiquei com um tempo bem estreito para ler a Bílblia. Mas, graças a Deus, que o Senhor me dá graças para meditar em sua Palavras, pois não quero perder este hábito, jamais!

Recomendo, sempre a leitura da Bíblia, pois é com isso que saberemos como nos desviar do mau, conhecer o verdadeiro e o falso e, com isso, teremos mais comunhão com Deus, pois conheceremos a sua vontade para nós.

Simples assim.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Fábrica do iPhone na China registra o 10º suicídio

A Foxconn, unidade fabricante do iPhone para a Apple na China, registrou o suicídio de mais um funcionário na quarta-feira (26). A décima morte ocorreu horas depois do presidente do conselho da empresa prometer vida melhor para os funcionários na fábrica ao sul do país.

A empresa não deu detalhes sobre a morte, mas a agência chinesa de notícias oficial Xinhua disse nesta quinta-feira que um inquérito policial inicial indica que o homem de 23 anos, do noroeste da China, cometeu suicídio ao pular da sacada de um sétimo andar do dormitório.

Outro funcionário da Foxconn na unidade de Shenzhen tentou cortar os pulsos, mas sobreviveu com o atendimento médico, segundo a Xinhua.

As mortes chamam atenção para as práticas de trabalho da Foxconn, unidade da taiwanesa Hon Hai Precision Industry, cujos clientes incluem Apple, Hewlett Packard e Sony Ericsson.

A Apple e outros clientes disseram que estão investigando as condições de trabalho na Foxconn, que enfrenta críticas sobre sua cultura corporativa secreta.

Os trabalhadores vivem no interior do complexo da fábrica e montam produtos para as principais empresas de telefonia e informática do mundo em turnos de dia e noite.

Apenas algumas horas antes de os últimos relatos, o geralmente tímido presidente do conselho da Foxconn Terry Gou abriu as fábricas da empresa em Shenzhen a jornalistas e prometeu tomar medidas radicais para evitar mais mortes.

Todos os dez óbitos foram de trabalhadores migrantes jovens, entre os milhões que deixam o interior pobre da China para as cidades em forte crescimento nas áreas litorâneas em busca de trabalho e salários elevados.

Fonte: UOL

terça-feira, 25 de maio de 2010

O peregrino

De tantos livros evangélicos que andam vendendo por aí, O peregrino, com certeza, é o menos lembrado pelos consumidores gospel, que só pensam em autoajuda para prosperarem em todas as áreas de suas vidas, esquecendo-se de que são cristãos, que há uma luta entre a carne e o sangue enquanto somos peregrinos aqui na Terra.

Este trabalho é uma narrativa da jornada de um verdadeiro cristão aqui na terra, das lutas e tribulações por quais passam para chegar à Cidade Celestial.

O escritor deste livro, publicado em 1687 com o título The Pilgrim's Progress, foi o pregador inglês John Bunyan (1628-1688).

O personagem principal é um jovem peregrino chamado Cristão que, durante a sua jornada por um caminho estreito, indicado pelo Evangelista, carregava um fardo pesado em suas costas da qual queria se livrar. É somente por este caminho que o Cristão alcançará o seu destino eterno.

Durante a sua jornada, Cristão conhece inúmeras pessoas, com nomes que nos levam a obras da carne ou ao fruto do espírito, tais como Hipocrisia, Boa Vontade, Sr. Intérprete, Desespero dentre outros; também passa por alguns lugares como com nomes alegóricos da Bíblia como A Cidade da Destruição, O Castelo das Dúvidas dentre outros. 

Também surgem inúmeras dificuldades para chegar ao seu destino, com muitos sofrimentos e torturas emocionais. Mesmo assim, Cristão mantém-se atento e sóbrio, encontrando auxílio em Fiel que, mais tarde, seria executado pelos Infiéis da Feira das Vaidades. Depois, o peregrino encontra outro companheiro de viagem, o Esperançoso, que juntos, conseguem chegar ao lugar que tanto almejavam. 

Eu sempre digo que ser cristão é algo tão simples. Este livro realmente trata da jornada do cristão aqui na Terra: com lutas, provações, sempre carregando o peso da sua fraqueza carnal. No final, quando nós, os peregrinos, nos encontrarmos com o Senhor Jesus, vamos deixar este peso que carregamos para gozarmos da Vida Eterna no Céu.

By Marcia Moreira


Observação. O livro virou filme em 1979 e ganhou uma refilmagem em 2008.


segunda-feira, 24 de maio de 2010

domingo, 23 de maio de 2010

Não erreis

"Não sabeis que os injustos não hão de herdar o Reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus." I Coríntios 6:10
A Bíblia deixa bem claros que todas as pessoas que praticam estas obras da carne não herdarão o Reino de Deus. Paulo de Tarso, o imitador de Cristo, escreveu este versículo para os que haviam recebido a salvação em Cristo Jesus e ainda insitem em praticar iniquidades, acreditando que, mesmo assim, permaneceriam salvos; é o grande engano do "uma vez salvo, sempre salvo".

Sobre este versículo, quero deixar duas meditações:

A primeira é que não podemos nos enganar: a partir do momento em que entregamos nossas vidas ao Senhor Jesus Cristo, devemos deixar o pecado mesmo. Por isso, a nossa luta contra a carne e o espírito será diariamente até o Grande Dia. Como farei isto? Vigiando e orando, negando a nós mesmos, como Jesus nos ensinou. Não é uma tarefa fácil, mas garantirá a Coroa da Vida Eterna.

A segunda é sobre ser sodomita e enfeminado. Os homossexuais evangélicos acreditam que Deus os aceita como eles são. Mas eles negam a eficácia das Escrituras, que diz que estas práticas, conhecidas como sodomitas, levará o cidadão ao infernos. Se eu disser isto a um homossexual, ele dirá que estou sendo preconceituosa. Então, o Deus que ele diz seguir também é preconceituoso?

Há algumas semanas, visitei um blogue de um homossexual "evangélico". O que eu vi deu vontade de vomitar: o sensualismo e a prostituição estavam presentes. Ora, se eles dizem "evangélicos", não devem guardar a sua virgindade para o seu "companheiro"? (I Coríntios 7:36-37). A Bíblia também condena toda prática de prostituição, isto é, ter relações sexuais com alguém que não é seu marido ou esposa; é o que eles fazem, dizendo-se corretos e livres. Como eles enganam a si e a outros!

Para quem não sabe, o pecado que fez com que Sodoma e Gomorra fossem destruídas foi, justamente, o homossexualismo e a prostuição (Gênesis 13:13; 18:20; 19:5). Hoje, um país inteiro não será destruído por Deus, pois todos serão julgados segundo as suas obras (Apocalipse 20:12), sendo boas ou ruins, o que determinará se uma pessoa estará na vida eterna com o Senhor ou na morte eterna com satanás.

Portanto, além de ser devasso e ladrão, a prática homossexual é também pecado sim, não posso aceitar que uma pessoa diga que nasceu homossexual. Deus criou machos e fêmeas (Gênesis 1:27) e disse para o bispo ser marido de uma só mulher (I Timóteo 3:2), ou seja, não criou machos e machos, mas machos e fêmeas; e não mardio de um só homem, de de uma só mulher. Podemos perder a salvação sim, se insistirmos e praticar obras da carne, negando a eficácia da cruz de Cristo.

By Marcia Moreira

Pérolas heréticas

“Faça por onde, que eu te ajudarei.”

“De mil passarás, a dois mil não passarás.”

“Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos.”

“Venha a mim do jeito que você é, e eu farei a obra.”

"O cair é do homem, mas o levantar é de Deus."

"O louvor liberta."

"De madrugada, a fila é menor."

"Uma vigília vale por quarenta jejuns."

"Quem não vem pelo amor, vem pela dor."

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Viver pela fé no Filho de Deus

“logo, não sou eu mais que vivo, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou a sim mesmo se entregou por mim.” Gálatas 2:20
Este versículo é bem conhecido de muitos cristãos, até virou música da Comunidade da Graça na década de 1980 (quando era uma igreja-família). Pode estar nos nossos lábios, mas, nós sabemos realmente o que “viver pela fé no Filho de Deus”?

Primeiramente, este viver pela fé e acreditar que Jesus Cristo é realmente o Filho de Deus, que morreu numa cruz pelos nossos pecados e que, hoje, quando eu o aceito como meu Senhor e Salvador, me tornarei uma salva, uma filha de Deus, simples assim, só não entendo por que as pessoas complicam tanto.

Segundo, agora, nós temos uma vivência diferente dos gentios (ou seja, daqueles que ainda querem permanecer na iniquidade). Devemos reconhecer que estamos em um corpo carnal, propenso a cair em tentação a qualquer momento. Por isso, Jesus Cristo nos advertiu a vigiar e orar (Mateus 26:41). Como crentes em Jesus, agora, é total vigilância para não praticarmos constantemente as obras da carne (ler Gálatas 5 sobre as obras da carne e o fruto do espírito).

Ter fé no Filho de Deus é acreditar que sua Palavra é infalível, cujo conteúdo não pode ser discutido em hipótese alguma. Por exemplo, se a Bíblia diz para não mentirmos (Colossenses 3:9), então não mentimos, ora bolas! Se também diz para não adulterarmos (Mateus 5:28), vamos trair nossos cônjuges – ou namorado(a)? Se para o marido amar as suas esposas (Efésios 5:25), o cidadão, dito crente em Jesus, vai lá bater na sua fiel esposa?

Acredito que os que dizem ser salvos em Cristo Jesus e vivem pela fé no Filho de Deus, sempre terá o cuidado de observar as Escrituras para não tropeçar e cair definitivamente. Por isso, leiam a Bíblia!

By Marcia Moreira

terça-feira, 18 de maio de 2010

Momento Cantor Cristão (14)

Gosto muito do hino Não sei por que, pois é citado o versículo de II Timóteo 1:12 em seu refrão. Este versículo faz com que a minha fé esteja cada vez mais no Senhor Jesus Cristo. O autor deste hino foi o americano Daniel Webster Whittle (1840-1901), que também era evangelista. Antes de se tornar um evangelista, lutou na Guerra Civil Americana, ocupando, mais tarde, o cargo de Major. Mas o curioso era antes da Guerra, Daniel não era cristão.

Quando o futuro evangelista se preparava para o alistamento, sua mãe, que era cristã fervorosa, ao arrumar sua mochila, colocou uma versão do Novo Testamento.

Em um dos combates, Daniel foi atingido no braço, ocasionando a sua amputação no mesmo dia, acima do cotovelo. Enquanto se recuperava, começou a ler o Novo Testamento que sua mãe havia deixado em sua mochila. Leu o livro por completo, conforme a sequência dos livros, relendo várias vezes e, mesmo assim, não sentia o desejo de entregar sua vida a Jesus Cristo.

Numa noite, foi acordado pelo enfermeiro, que disse: 
“Tem um rapaz lá no fundo da enfermaria, um dos seus soldados, que está à beira da morte. Ele insistiu comigo nas últimas horas para que eu ore por ele ou traga alguém para orar. Eu não aguento mais. Sou um pecador e não posso fazer isso. Então decidi procurar o senhor."
Então, Daniel respondeu que ele também não poderia orar, porque nunca tinha feito isto na sua vida. Disse também que ele era tão pecador quanto o enfermeiro. Mas o enfermeiro insistiu:
“Como não! Eu tinha certeza de que o senhor era uma pessoa de oração. Eu sempre vi o senhor lendo o Novo Testamento! Além do mais, o senhor é a única pessoa nesta enfermaria que eu nunca vi amaldiçoar. E agora, o que eu devo fazer? Não existe mais ninguém a quem recorrer! Eu não posso voltar pra lá sozinho. De qualquer forma, o senhor não pode se levantar e vir comigo?”
Movido pelo apelo que lhe foi feito, Daniel concordou. Foi em direção a um garoto de 17 anos de idade, que estava morrendo. No seu rosto, havia uma expressão de extrema angústia, desespero, aflição. Fitou os olhos ao Daniel e disse:
“Por favor, ore por mim! Estou morrendo. Eu fui um bom garoto. Meus pais são membros da igreja. Eu ia sempre à Escola Dominical e tentei ser um bom rapaz. Mas depois que me tornei um soldado, aprendi a fazer coisas erradas e me tornei um pecador. Bebi, jurei, joguei e andei em más companhias. Agora, estou morrendo e não estou preparado para isso. Por favor, peça para que Deus me perdoe! Ore por mim. Peça para Jesus me salvar."
Foi então que Major Whittle percebeu que não havia saída: caiu de joelhos e segurou a mão do rapaz. Tropeçando nas palavras, confessou, primeiro, os seus pecados e pediu a Deus para perdoá-lo; ali mesmo, acreditou que foi perdoado e que já era filho de Deus. Em seguida, orou fervorosamente a Deus pedindo pelo rapaz. Ele ficou em silêncio com sua mão agarrada à mão de Daniel, enquanto ainda rogava ao Pai. Quando o Daniel se levantou, o rapaz já estava morto. O seu rosto mostrava um semblante tranquilo.

Bem mais tarde, o Major Daniel afirmaria:
“Muitos anos já se passaram desde que isso ocorreu no Hospital Richmond. E eu ainda continuo confiando e confessando o nome do Senhor Jesus Cristo e pretendo, pela graça de Deus, continuar assim, até o dia que ele me conduza ao lar celestial."
Com vocês, o hino em português, seguido de sua letra original, em inglês:
Não sei por que de Deus o amor

A mim Se revelou
Por que razão o Salvador
Pra Si me resgatou

Mas eu sei em Quem tenho crido
E estou bem certo que é poderoso
Pra guardar o meu tesouro
Até o dia final

Ignoro como o Espírito
Convence-nos do mal
Revela Cristo, Verbo Seu
Consolador real

Não sei o que de mal ou bem
É destinado a mim
Se maus ou áureos dias vêm
Até da vida o fim

E quando vem Jesus não sei
Se breve ou tarde vem
Mas sei que meu Senhor virá
Na glória que Ele tem


Original: I Know Whom I Have Believed

Autor: Daniel Webster Whittle
By Marcia Moreira
I know not why God’s wondrous grace
To me He hath made known,
Nor why, unworthy, Christ in love
Redeemed me for His own.


But I know Whom I have believèd,
And am persuaded that He is able
To keep that which I’ve committed
Unto Him against that day.


I know not how this saving faith
To me He did impart,
Nor how believing in His Word
Wrought peace within my heart.


I know not how the Spirit moves,
Convincing us of sin,
Revealing Jesus through the Word,
Creating faith in Him.


I know not what of good or ill
May be reserved for me,
Of weary ways or golden days,
Before His face I see.


I know not when my Lord may come,
At night or noonday fair,
Nor if I walk the vale with Him,
Or meet Him in the air.
Confiram o vídeo:




By Marcia Moreira

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Lewis Wallace, de ateu a convertido em Cristo Jesus

Lewis Wallace (1827-1905), foi um escritor e militar americano, conhecido por ter escrito o romance Ben-Hur: a tale of the Christ, publicado em 1880, e que todos nós o conhecemos pelo filme Ben-Hur, de 1959, premiado com 11 Oscar (recomendo que antes da volta de Jesus Cristo, assistam a este filme). O que todos não sabiam é que Lewis era ateu antes de escrever este romance. Leiam o trecho que peguei no Wikipedia sobre sua vida:

Lewis Wallace era conhecido por ser precisamente um homem ateu. Certa vez, viajando de trem com um grande amigo, comentavam a respeito da quantidade de torres de igrejas que havia na cidade de Saint Louis, capital do Missouri, acrescentando que não podiam entender como tanta gente culta acreditava nas Escrituras. Naquele momento, o amigo sugeriu-lhe que escrevesse um livro provando ao mundo que Jesus Cristo nunca existiu e que muito menos, Deus tinha inspirado os autores dos Evangelhos ou dos outros livros do Novo Testamento. Tal livro por certo o tornaria célebre e derrubaria o "mito" de que Jesus é o Salvador do mundo.

Concordando com o amigo, Lewis revelou o plano a sua esposa. Por mais de dois anos, Lewis coletou dados e pesquisou a vida de Jesus ao pormenor, em diversas bibliotecas dos Estados Unidos. Por fim, encontrou-se em uma situacão bem difícil. Disse ele:

"Comecei a escrever um livro para provar que Jesus Cristo nunca existiu e quando me dei conta estava provando que Ele de fato existiu. Tal conviccão tornou-se em mim certeza absoluta. Ao estudar seu caráter, não tive mais dúvidas ser ele o Filho de Deus, e assim abri totalmente o meu coração a Ele."

Afeganistão: um inferno para as mulheres

Na revista Veja desta semana, saiu uma reportagem sobre o que é nascer mulher no Afeganistão, um país que saiu do regime talibã. Lá, as mulheres tentam, aos poucos, "ser alguém" nesta sociedade. Tambem fala do sofrimento pelo fato de ser uma mulher afegã, dos casamentos arranjados com homens bem mais velhos dentre outros assuntos. A reportagem é bem comprida, por isso, postei somente um trecho dela. Se quiserem ler mais, cliquem aqui.
(...)
"A prática da autoimolação é um dos sinais mais cruéis de sua magnitude. Entre 2008 e 2009, ao menos oitenta afegãs tentaram o suicídio ateando fogo ao corpo. Na província de Herat, a oeste de Cabul, a incidência desse tipo de episódio é tão alta que o principal hospital da região montou uma unidade para atender exclusivamente a casos assim. Quando a reportagem de VEJA visitou o lugar, havia três mulheres internadas por queimaduras autoinfligidas. Todas tinham menos de 26 anos e eram analfabetas. No Afeganistão, apenas 15% das mulheres com mais de 15 anos sabem ler e escrever. Rahime, de 25 anos, deu entrada no hospital com 35% do corpo queimado. Ela disse que tentou se imolar porque "estava cansada de viver". Contou que se casou aos 10 anos de idade e, desde então, engravidou seis vezes (sofreu três abortos espontâneos). A mãe estava com ela no hospital. Indagada sobre as razões que a fizeram permitir que a filha se casasse tão cedo, explicou que, na verdade, não a deu em casamento, mas foi obrigada a vendê-la. O marido era lavrador em uma plantação de ópio e não conseguia sustentar a família, de oito filhos. "Ficávamos três ou quatro noites sem ter o que comer", afirmou ela. Rahime foi entregue a um comerciante da região em troca de 200 000 afeganes, o equivalente a 4 300 dólares, divididos em dez pagamentos. O comerciante, hoje seu marido, é "bem mais velho" do que ela, mas nem a jovem nem a mãe souberam precisar quanto."
(...)
Fonte: Veja

domingo, 16 de maio de 2010

Repentista canela de fogo. Viche!

O operar de Deus tem limites, segundo a Bíblia

"porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade a sua boa vontade" Filipenses 2:13
Que Deus é maravilhoso, sabemos disto, e acreditamos que Ele opera maravilhas. Eu sou testemunha do que o Senhor tem feito em minha, pra começar, a minha Salvação Eterna através de Jesus Cristo e minha mudança de caráter por causa do Espírito Santo que agora habita em mim. Tenho saúde (somente algumas alergias, normais para quem mora em São Paulo), um bom emprego e estudo e, também, um bom namorado cristão e futuro marido (sem oração forte das irmãs casamenteiras); tudo isso foi feito por Deus, aleluia.

Deus também opera através dos dons distribuídos para a Igreja (I Coríntios 12), para a sua edificação espiritual até o Grande Dia do Senhor. Mas, será que o que está acontecendo nas igrejas-placas-CPFs é o mesmo operar de Deus?

O Senhor deu um limite para a sua operação através da Sua Palavra. Lemos em I Coríntios 14 que Deus deu limites para um culto racional. Observem o versículo 26:
"Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmos, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação."
Percebem que há ordem para um culto racional, e tudo o que sair desta ordem, ou não estiver nela, devemos ter cuidado, pois não tem nada a ver com o Senhor.

Hoje tem bagunça pra tudo: os "irmãos" falam línguas estranhas de, maneira bagunçada, desordenada (se é que foi memos distribuída pelo Espírito Santo), há danças eróticas no período de louvor (não vai me dizer que não um pouco de rebolado aí!), homens que sobem ao púlpito que batem em suas esposas, enfim, isto tudo não é o operar de Deus segundo Filipenses, pois o Senhor quer que tudo seja feito com ordem e descência (I Coríntios 14:40); saindo desta ordem, são manifestações satãnicas que os evangélicos, por não vigiarem, aceitam como se fosse do Senhor.

Enfim, Deus nos deixou um limite para a sua manifestação: ordem e descência. Saindo deste limite, devemos mostrar o quanto amamos o Senhor, não aceitando para nós e condenando para que todos vejam que somos do Senhor, mesmo que percamos a amizade de muitos dos "irmãos".

By Marcia Moreira

Toque de celular somente para varão(oa) de fogo

"Infelizemente", não sou esta varoa de fogo, por isso, não posso ter um toque destes no celular, mas eis que haverá um dia em que serei esta tal varoa e, assim, poderei adquir este toque para mostrar ao mundo que eu também sou uma serva do Homem de Branco, e ninguém poderá me tocar! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!

Sessão Nostalgia - Quarteto Vida

No início dos anos de 1980, surgiu um grupo formado por quatro belas vozes femininas chamado Quarteto Vida. Quem não conhece o CD À Capela, em que cantam, sem instrumento algum, músicas como Navio Negreiro, Paz e comunhão, Antífona dentre outras. O Quarteto sempre passou por mudanças, mas continua na ativa, graças a Deus. Para matar a saudade, deixo o vídeo com a música Logo de manhã. Teve uma época em que sempre me lembrava desta música toda vez que acordava cedo para trabalhar. Quero voltar a este tempo, pois é gostoso demais ser cristã!

Logo de Manhã quero te buscar

Tua voz ouvir teu amor sentir
Estender as mãos para te louvar
Derramar meu coração sobre o teu altar

Pois Tu sabes bem
Tudo quanto há em mim
E vou te seguir
E te amar até o fim

E no fim do dia
Quando o sol se por
Te adorarei te darei louvor
Mesmo escura a noite
Brilha a tua luz
Em teus braços eu descanço
Meu Senhor Jesus

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Casar-se de novo, de Arnaldo Jabor

Meus amigos separados não cansam de perguntar como consegui ficar casado 30 anos com a mesma mulher.

As mulheres sempre mais maldosas que os homens, não perguntam a minha esposa como ela consegue ficar casada com o mesmo homem, mas como ela consegue ficar casada comigo. Os jovens é que fazem as perguntas certas, ou seja, querem conhecer o segredo para manter um casamento por tanto tempo.

Ninguém ensina isso nas escolas, pelo contrário. Não sou um especialista do ramo, como todos sabem, mas dito isso, minha resposta é mais ou menos a que segue:

Hoje em dia o divórcio é inevitável, não dá para escapar. Ninguém agüenta conviver com a mesma pessoa por uma eternidade. Eu, na realidade já estou em meu terceiro casamento - a única diferença é que casei três vezes com a mesma mulher. Minha esposa, se não me engano está em seu quinto, porque ela pensou em pegar as malas mais vezes que eu. O segredo do casamento não é a harmonia eterna.

Depois dos inevitáveis arranca-rabos, a solução é ponderar, se acalmar e partir de novo com a mesma mulher. O segredo no fundo é renovar o casamento e não procurar um casamento novo. Isso exige alguns cuidados e preocupações que são esquecidos no dia-a-dia do casal.

De tempos em tempos, é preciso renovar a relação. De tempos em tempos é preciso voltar a namorar, voltar a cortejar, seduzir e ser seduzido. Há quanto tempo vocês não saem para dançar? Há quanto tempo você não tenta conquistá-la ou conquistá-lo como se seu par fosse um pretendente em potencial? Há quanto tempo não fazem uma lua-de-mel, sem os filhos eternamente brigando para ter a sua irrestrita atenção?

Sem falar dos inúmeros quilos que se acrescentaram a você depois do casamento. Mulher e marido que se separam perdem 10 kg em um único mês, por que vocês não podem conseguir o mesmo?

Faça de conta que você está de caso novo. Se fosse um casamento novo, você certamente passaria a frequentar lugares novos e desconhecidos, mudaria de casa ou apartamento, trocaria seu guarda-roupa, os discos, o corte de cabelo, a maquiagem. Mas tudo isso pode ser feito sem que você se separe de seu cônjuge.

Vamos ser honestos: ninguém aguenta a mesma mulher ou o mesmo marido por trinta anos com a mesma roupa, o mesmo batom, com os mesmos amigos, com as mesmas piadas. Muitas vezes não é a sua esposa que está ficando chata e mofada, é você, são seus próprios móveis com a mesma desbotada decoração.

Se você se divorciasse, certamente trocaria tudo, que é justamente um dos prazeres da separação.Quem se separa se encanta com a nova vida, a nova casa, um novo bairro, um novo circuito de amigos. Não é preciso um divórcio litigioso para ter tudo isso. Basta mudar de lugares e interesses e não se deixar acomodar.

Isso obviamente custa caro e muitas uniões se esfacelam porque o casal se recusa a pagar esses pequenos custos necessários para renovar um casamento. Mas se você se separar sua nova esposa vai querer novos filhos, novos móveis, novas roupas e você ainda terá a pensão dos filhos do casamento anterior.

Não existe essa tal "estabilidade do casamento" nem ela deveria ser almejada. O mundo muda, e você também, seu marido, sua esposa, seu bairro e seus amigos. A melhor estratégia para salvar um casamento não é manter uma "relação estável", mas saber mudar junto.

Todo cônjuge precisa evoluir estudar, aprimorar-se, interessar-se por coisas que jamais teria pensado em fazer no inicio do casamento. Você faz isso constantemente no trabalho, porque não fazer na própria família?É o que seus filhos fazem desde que vieram ao mundo.

Portanto descubra a nova mulher ou o novo homem que vive ao seu lado, em vez de sair por aí tentando descobrir um novo interessante par. Tenho certeza que seus filhos os respeitarão pela decisão de se manterem juntos e aprenderão a importante lição de como crescer e evoluir unidos apesar das desavenças. Brigas e arranca-rabos sempre ocorrerão: por isso de vez em quando é necessário casar-se de novo, mas tente fazê-lo sempre com o mesmo par.

Arnaldo Jabor

quinta-feira, 13 de maio de 2010

A verdadeira Igreja de Cristo

Recentemente, no blogue Púlpito Cristão, foram lançadas algumas postagens falando sobre aqueles que não estão frequentando nenhuma igreja evangélica (digo, placa, CPF etc.), dando a desculpa de que “não podemos ser cristão sem ela”. Acredito que os autores destas postagens estão confundindo igreja-placa-CPF com a verdadeira Noiva de Cristo, ou seja, a verdadeira reunião da Igreja do Senhor.

Também, segundo estas postagens, foi afirmado que a “Igreja é como a Arca de Noé, lá dentro o cheiro pode até ser insuportável, no entanto, é bem melhor estar dentro dela do que fora”. Desde quando devemos comparar a Santa Igreja de nosso Senhor Jesus Cristo com algo imundo que é o interior da Arca de Noé.

Paulo escreveu aos Efésios, como que a verdadeira Igreja deve ser:
“para apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito.” Efésios 5:27
Se a Igreja de Cristo deve se apresentar santa e sem defeito, como posso aceitar a sua comparação com um lugar onde tem cocô e xixi de bichos que nem falam a mesma língua?

Pesquei também a seguinte afirmação: “Ao mesmo tempo, ensina que não podemos ser cristãos sem ela”. O autor desta citação afirma que não podemos ser cristão fora de uma instituição igreja-placa-CPF. E digo que sim, para ser cristã, devemos nos desvincular de tudo o que nos desembaraçam (Hebreus 12:1) e, uma delas, é a igreja-placa-CPF.

Novamente, Paulo afirma em I Coríntios 6:19 que “o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?”. O próprio Senhor Jesus Cristo afirma que “onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles” (Mateus 18:20). Então, em uma reunião onde há irmãos que se reconhecem como templos do Espírito Santo, o Senhor não pode estar presente? Deus somente se apresenta em igreja-placa-CPF? A verdadeira doutrina somente está lá?

Se eu sou templo do Espírito Santo, será que não sou capaz de ler a Bíblia por minha conta e não retirar ensinos puros e simples de como devo me comportar como cristã até a volta de Jesus Cristo?

Ora, segundo Atos 17:24, “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em templo feito por mãos humanas”. De acordo com esta afirmação, me recuso a “congregar” em lugar só para dizer que sou da “igreja tal” e defender a sua ideologia que, com certeza, está fora das doutrinas de Cristo. As instituições ditas cristãs já não são unidas, devido ao fato de terem várias doutrinas que não são segundo as Escrituras (prosperidade, cura interior, libertação, chega!).

As pessoas estão confundindo igreja-placa-CPF com a verdadeira reunião dos Santos em Cristo Jesus. Se em um lugar é pregado o falso evangelho, e os reunidos estiverem concordando com isso, como Deus pode estar presente em um lugar como este? O pior é que caso insistam na falsa pregação, poderão ser condenados para o fogo eterno, juntamente como os que a aceitam como norma de fé.

Concluindo, a verdadeira Igreja de Cristo é onde há a reunião legítima em nome do Senhor, com o verdadeiro evangelho sendo pregado, pessoas se arrependendo de seus pecados, enfim, sem mistura com a antiga aliança mosaica e com os falsos ensinos. Não posso comparar a verdadeira Igreja separada para a salvação com um lugar fedido e imundo que era a Arca de Noé, sendo ela santa e imaculável, a noiva de Cristo. Como percebemos, a Bíblia afirma que o verdadeiro templo hoje não são as quatro paredes de uma igreja-placa-CPF, mas nós mesmos, os verdadeiros salvos e redimidos no sangue do Cordeiro.

By Marcia Moreira, considerada “desigrejante”

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Alemães "operam" ursinhos Teddy


Os alunos de medicina do Centro Clíncio Virchow em Berlim, Alemanha, criaram o Hospital o Ursinho Teddy. O objetivo é fazer com que as crianças percam o medo de hospital, médico e injeção. Os pequenos têm acesso ao Raio X, roupas cirúrgicas, máscars de oxigênio, podendo, também participar de "procedimentos cirúrgicos" nos ursinhos.




Fonte: Blog do Diarinho

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Dia das Mães - Charge

O gênero textual charge é um estilo de ilustração que tem, por finalidade, satirizar, por meio de uma caricatura, algum acontecimento atual com uma ou mais personagens envolvidas.

Neste Dia das Mães, resolvi "homenageá-las" através de algumas charges referentes a ela. Por favor, não se ofendam, é apenas uma brincadeirinha.

Parabéns, mamães (e a minha também) pelo seu Dia, com muito humor!


























Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...